Follow by Email

domingo, 2 de outubro de 2011

Vamos falar de Cosme e Damião ou Ibeji? Erê, Beijada, Vunje, Crianças, vamos falar sobre eles?

Uma definição somente não comporta tamanha força desses seres iluminados com trejeitos infantis, mas que de bobos não tem nada!












Então, desde garoto convivo com esses seres porque já trabalhei com vários erês e o que responde até hoje é o Pinguinho de Pedra.

Mãe Osmarina o batizou de Pedrinho


Responde como Pinguinho de Pedra pela a explicação que para a pedra chegar a pingar, deve se transformar num estado líquido em altíssima temperatura, conhecemos tambem como lava. Esse é o Pinguinho...











Bem esse mesmo Erê já tomou a identidade de um outro chamado Cosminho e muito danado e marcador do que fala e promete e também cobrador do que o prometem.

Uma vez pelos anos de 1992 ou 1993, uma amiga nossa dona de um Gongá na Quadra 15, a Sr Enésia, trabalhammos com as entidades e chegou o erê que pediu, se possível, um pedaço de melancia. Dona Enésia esclareceu que não tinha na hora mas disse ao erê que ele viesse no outro dia para comer a tal melancia. Marcou a hora e tudo.






Pois é, nossa Amiga Dona Raimunda nem se lembrava mais,e eu nem sabia, mas não é que Dona Raimunda estava vindo pra casa quando deu vontade de passar na casa de Dona Enésia, e eu morava na Quadra 18, acho que os professores estavam em greve, quando do nada virei no Erê que abraçando meus coleguinhas disse que ia comer melancia!!!!!!!!!


Pronto, esse Erê na minha cabeça colocou a sandália havaiana na boca, meus colegas ficaram assustados, e desceu da Quadra 18 para a 15 de Sobradinho DF correndo atras da melancia.

Chegando lá dizem que foi aquela correria, Dona Raimunda já estava , mas faltava a melancia kkkk

Dona Enésia e Dona Raimunda providenciaram na hora e esse Erê ficou lá até altas horas comendo melancia.

Depois eu conto a história das tripinhas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário