Follow by Email

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Férias do terreiro, e agora?

Achei esse artigo muito interessante na Rádio Toques de Aruanda e resolvi repassar:



Férias do terreiro, e agora?


Salve irmãos e irmãs na Fé.
 
Estamos em uma época do ano de festas, comemorações, expectativas para novas mudanças, confraternizações na empresa, na faculdade, etc.
 
Nessa época do ano a grande maioria dos terreiros de Umbanda pausam os seus trabalhos assistenciais durante um período, o que descarta a necessidade do médium se fazer presente como de costume nas giras semanais.
 
Estas são as férias do terreiro, como são conhecidas.
 
Mas e a espiritualidade, também tira de férias?
 
Os trabalhadores espirituais da religião de umbanda deixarão de trabalhar?
 
As energias negativas deixarão de se instalar no campo astral dos médiuns nessa época do ano?
 
O médium deixa de ser médium enquanto está ausente do terreiro? A resposta para todas essas questões é simples e objetiva: NÃO!
 
A espiritualidade não dorme, os guias e mentores não param, o médium continua atraindo aquilo que vibra e o médium não deixa de ser médium.
 
Pois bem, então podemos afirmar que os deveres e responsabilidades dos médiuns devem ser no mínimo os mesmos, certo?
Devemos lembrar também que indiretamente os médiuns tornam-se independentes durante esse período, pois caso aja alguma necessidade espiritual, na maioria das vezes não será possível recorrer ao terreio e precisarão se virar “sozinhos”.
 
Vamos lembrar aqui quais são os deveres e responsabilidades do médium em um momento como este.
 
Como já sabemos que a espiritualidade não para, então obviamente que devemos manter nosso campo astral protegido e equilibrado para não sermos influenciados por energias que possam nos acarretar algum mal.
 
É importante que se mantenha uma vela branca de 7 dias acesa com um copo de água para firmeza do anjo da guarda. Essa vela pode ser colocada em qualquer ambiente da casa, menos no banheiro.
 
Manter ativa as forças guardiãs que o protegem e zelam pelo seu lar é essencial. Pode-se firmar á esquerda com uma vela bicolor preta com vermelha, charuto, cigarrilha ou pinga. Um elemento desses já é o necessário, daí basta colocar na entrada da casa, sacada ou lavanderia.
 
É necessário também que o médium faça os seus banhos de ervas e defume sua casa para basicamente descarregar o ambiente e manter o equilíbrio energético.
 
Fazendo isso semanalmente, o médium se sentirá bem e seguro, sem dúvidas!
 
Mas não podemos esquecer que não basta apenas ativar uma energia a nosso favor, precisamos nos manter conectadas a elas, pelo menos até que façamos todo o ritual novamente. Para isso, não existe elementos ou receitas milagrosas.
 
O médium precisa ter disciplina, responsabilidade e principalmente bom senso.
 
Divirta-se e aproveite, mas não se esqueça que a espiritualidade não dorme.
Pense nisso e cuide-se!
 
Por Alan Barbieri
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário